Mensagens

E tu, já olhaste para o céu hoje?

Imagem

Do que ainda dói...

Fotografias de Domingos em família. Conversas noite dentro. Risos cúmplices. Mãos à volta da cintura. Vestidos de noiva.

Inspiração Futura 2:

Imagem
@ Dolomitas

Inspiração Futura...

Imagem

Piada Doutoral:

Quanto mais estudo, mais nietzche-ana sou!

Blog Líquido...

Parece estar a chegar a Era de uma nova forma de bloggar!

E como a minha alma estava faminta...

Comida para a alma foi o almoço de hoje. 

Dicionário de Bolso:

Sabedoria. Educação. Magia. Fluir. Fogo. Ir. Cessar. Amor. Drama. Combustível. Reflectir. Sociologia. Morte. Totem. Segurança. Focar. Fé. Equipa. Chama. Adrenalina. 

Um Bom Dia!

É começar o dia com um bombeiro novo ao telefone!

Ana A., a campónia!

Das melhores coisas de poder almoçar em casa, volta e meia, é poder comer batatas cozidas acabadinhas de cozinhar!

Criar raízes:

Aprender a ser feliz com o que temos e onde estamos, sem que isso signifique resignação.

Sensação boa...

Quando tens areia espalhada pela casa toda e isso é sinónimo de felicidade e memórias boas.

Saudosista é o meu nome do meio!

Tenho saudades da melhor versão de ti mesmo!

Velhice ou Maturidade?

Esta capacidade de esperar para ver as sementes que plantámos germinarem.

Baile de Máscaras:

Fantasmas, Demónios e Defuntos a dançarem alegremente.

Primavera 2018

Chegou oficiosamente a 18 de Fevereiro à minha alma.

Trevo de Quatro Folhas.

Foi ter-te encontrado na vida.

O sexo não é desporto.

A prova disso é que aqui não interessa só a experiência e a intensidade do treino, mas sim a capacidade de entrega.

Contigo:

Podia casar e ter bebés.

Dos (meus) homens:

Aquele momento em que estás a caminho de casa de um dos homens da tua vida com uma caixa de pizza na mão e sabes que tens um copo de vinho tinto à tua espera!

Das fantasias:

Bombeiros que despem a farda.

Declaração de Amor - Take XLXI

Na minha vida, és uma equação matemática de 6º grau.

Dado o amor pelo arroz.

Juro que se eu não conhecesse tão bem a pila do pai, juraria que o meu filho tem genes chineses!

Divagações...

Nos meus pensamentos volto recorrentemente a Havana, sozinha. É curioso que tive sempre um certo fascínio místico por Cuba que não consegui apreciar quando lá estive. Talvez por estar acompanhada, quando na verdade eu gosto mesmo é de viajar sozinha, talvez por estar grávida ou talvez porque ainda ou já não tivesse sido o tempo de lá ter ido.
Mas sei, com aquela certeza que não se explica, que um dia hei-de regressar. Tal como sei que a paixão por Cuba será partilhada pelo meu filho também.
Aguardamos pelo que o futuro nos reserva...

Para reflexão futura:

Não se pode aprender a amar, como não se pode aprender a morrer.

Das tuas melhores memórias:

Babellicious!

Verbo da Semana:

Cessur.

Estado actual:

Andar a praticar boxe com as minhas sombras.

Em Dia de São Valentim.

Estou indecisa entre o cinismo e a fé...