Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2007

(Meu) Anjo II ...

Imagem
A história não é minha e nem sequer tive o prazer de a presenciar, mas a doçura das palavras que usaste para a contar prendeu-me a ti, enredado numa teia de instintos primários que não te sei explicar...

Génio!

Imagem
Há dias em que eu própria me espanto com a minha capacidade para descobrir coisas extraordinárias de forma extraordinária.
A última que me aconteceu foi andar à procura de uma música que ouvi na rádio e da qual só me lembrava de um verso do refrão. E fui encontrar o nome da dita música (americana, note-se!) num site alemão. Eu que não digo nem entendo uma única palavra de alemão...
De génio!!!

Sugestão...

Imagem
Ora aqui está uma óptima sugestão para o dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher.
Eu que até sou contra a existência do dito dia, se fosse comemorado assim até nem me importava nada...
Convites aceitam-se!

Apedeites...

Imagem
Então é assim:
Não é boa ideia abrigarmo-nos da chuva debaixo da mala do carro, enquanto uma gaja quase tão bebâda como nós está à procura de um guarda-chuva, porque não podemos estragar o penteado nem molhar a roupa. O resultado pode ser uma valente pancada na cabeça e nós acharmos que está tudo bem até ao dia seguinte que mal nos conseguimos pentear.
Não é boa ideia beber uma garrafa inteira de Casal Garcia sozinha num jantar de amigas que não vemos há longos meses, praticamente um ano. O resultado podem ser quebras de tensão logo seguidas por vómitos até só termos nada no estomâgo para vomitar.
Não é boa ideia pensarmos em marcar uma hora para regressar ao Porto quando temos a praia à nossa espera. O resultado podem ser dormir apenas 11 horas em duas noites, quando a média ideal de horas de sono por noite ronda as 10 horas seguidas.
Não é boa ideia pensarmos em ter conversas de sexo com mais 6 gajas bebâdas e de repente resolvermos atender o telefone. O resultado pode ser a perda prati…

Equação:

Jantar+ Vinho + (Bebedeira-Jantar) + Sexo = Pele resplandescente e espírito luminoso

Gravado...

Imagem
Já escrevi uma vez no outro blog que gosto de deixar e que me deixem marcas físicas daquilo e daqueles de quem gosto.
Tenho a mania de não confiar apenas na memória. Ela atraiçoa-me demasiadas vezes. Às vezes esquece-se do que me magoou um dia e muitas vezes já se esqueceu também daquilo que me fez ser feliz.
Por isso colecciono as mais diversas coisas, dos mais diversos sítios e das ainda mais diversas situações. Guardo de tudo um pouco, desde cartas a bilhetes de cinema, a isqueiros, a contas de jantares, a bocados de toalhas de papel até mesmo a garrafas de bebidas.
Mas dos 6 meses que vivi em Itália, guardo com especial carinho as memórias. Não pude guardar grandes coisas físicas e por isso fiquei com boas memórias. Memórias essas que relembro sempre que olho o meu piercing que fiz lá.


The extra mile...

Imagem
Aqui há uns tempos tentei explicar este conceito a um amigo meu. O caso não deve ter corrido muito bem, porque ele desistiu da extra mile ou então resolver voltá-la para outras bandas.
Nada de grave, excepto a baixa auto-estima que isso me provocou como explicadora.
Mas achei que tentar explicar o conceito no blog até podia ser engraçado, por isso aqui vai o esforço, mesmo sabendo que não tenho jeito para estas coisas.
O conceito de extra mile não é meu, é tirado de um qualquer filme que eu vi, daqueles cujo nome não me lembro, mas que ensinou uma lição de vida.
O conceito de extra mile é qualquer coisa mais ou menos como fazer um esforço extra. A explicação disto vinha na sequência de que para conquistar verdadeiramente alguém era preciso correr a extra mile, fazer aquele esforço quase impensável de alguém fazer por nós, só para nos mostrar que realmente somos importantes e valemos a pena para esse alguém.
O que me faz pensar que todos precisamos de alguém que corra essa extra mile por nó…

FDP - Take II

Imagem
Ok, eu admito que só estive na aula de hoje até às 21:15 porque a aula era dada pelo FDP, aquele meu Professor que me cativa.
E confesso que aquele sorriso me atormenta, no bom sentido é claro!
Mas o grave da questão é que a panca está a tornar-se mais grave do que eu supunha que pudesse ser.
Hoje dei por mim em plena aula a fazer comentários lascisvos sobre o dito desempenho do senhor e pior que tudo, à procura da não-existência da aliança. Não que isso me importe de sobremaneira, mas convém sempre saber com que linhas nos cosemos.
Mas a melhor parte mesmo, foi quando ele disse que viramo-nos para o que podemos, o contexto aqui interessa pouco. Aí eu pensei, eu para ti vira-me como tu me quisesses virar...
Resolução do mês de Março: Deixar de ir às aulas de Mestrado! Ou o caso pode tornar-se grave!
Aviso à navegação: Caro Professor que lê o meu blog, eu não sou assim, isto são apenas coisas que me apetecem escrever... Ou não!

Comichão...

Imagem
Irrita-me que faças as coisas de modo a que eu nao perceba e tentes escolher o contrário daquilo que eu te digo!
Mas um dia tu voltas...

Rotinas...

Imagem
Trabalho, aulas, trabalho, aulas, trabalho, aulas, trabalho, aulas...
A isto se vão resumir os meus próximos dias.
Sem tempo para o blog.

Como transformar o seu blog num blog de engate...

Imagem
... Em 10 passos:


Passo 1 - Colocarmos uma imagem nossa a preto e branco, ou de uma parte do corpo ou mesmo nossa de perfil, daquelas sugestivas que não deixam perceber muito mas que aguçam o apetite de quem nos lê.
Passo 2 - Ter uma descrição no blog que indique que estamos disponíveis a amar novamente e que as coisas tristes e más que nos aconteceram, não nos transformaram em pessoas amargas. Pelo contrário, só nos levou a ver o outro lado bom da vida.
Passo 3 - Escrever posts a dizer que nos sentimos sozinhos, somos muito triste e o que queríamos mesmo era arranjar alguém que nos fizesse companhia nas noites frias e nas quentes também. Tudo isto com a utilização exacerbada de reticências e metáforas.
Passo 4 - Dizer que moramos sozinhos, que nos acontecem as maiores desgraças e que as pessoas que amamos não nos amam e nem sequer se lembram da nossa existência. Também convém mostrar um pouco do nosso lado feminino, o sermos sensíveis, e do masculino, gostarmos que nos dêem alguma luta.
P…

Visão...

Imagem
Gostava de olhar para ti e ver-me reflectida nos teus olhos...

Máscaras...

Imagem
Sempre que te escrevo sinto-te ainda mais a falta. Se calhar por isso não escrevo tanto, para não sentir que mais uma vez não te tenho. Que te deixei fugir sem te poder tocar, quanto mais te agarrar e te prender...
Sempre que te escrevo sinto-me mais perto e mais longe de ti. Mais perto porque ainda te sinto como o meu anjo, mais longe porque se te escrevo é porque não te falo. Porque te proibí e me proibí a mim mesma de te falar. Porque as palavras perdiam o sentido quando as dizia e tu não as podias ouvir...
Sempre que te escrevo alivio. Ainda que também te tenha proibido de vires ler o blog, sei que muitas vezes o fazes, o contador não mente. Mas não quero saber disso. Não posso mais auto-censurar-me naquilo que escrevo, senão perdia o meu sentido e tinha de começar outro blog do início e não me apetece. Gosto de me ver a crescer naquilo que vou escrevendo por aqui...
Sempre que te escrevo sou mais eu. Já era mais eu quando o fazia na nossa inocente troca de e-mails que começou pelo p…

Coisas estranhas e coiso e tal...

Imagem
Por acaso não anda aí algum leitor envergonhado, daqueles que não comenta e não dá a cara e que seja estudante de Belas-Artes no Porto?
É que me dava jeito um desses para umas ideias que eu ando a ter...
O mail está aqui no lado direito, não se envergonhem, façam favor...

Lugares...

Imagem
Houve um tempo em que queria viajar contigo. Queria conhecer os teus mundos e a Austrália era apenas o início dele.
Quis saber a tua história e conhecer as viagens que fizeste, os sonhos que tiveste e as coisas porque passaste.
Agora deixei que isso fosse embora e a tua vida não me interessa mais. Procurei a vida de alguém, que não sabe ele próprio que vida tem.
Não o apago da memória porque ele não deixa. Teima em manter o fio ligado e aparece nos meus sonhos muitas vezes. Quero chorar a sua perda, mas nunca o tive e ainda não o perdi.
Também ele quis começar pela Austrália e eu não deixei.
Agora gostava apenas de começar por ele...

Lição n.º 1

As mulheres sempre primeiro.

Notas

Imagem
Será que à medida que crescemos perdemos a capacidade de sentir e reflectir sobre as coisa da mesma forma?
Sinto-me incapaz disso e Fevereiro revelou-se apenas mais um compasso de espera...

The (Un)Real Freak Show

Imagem
Como se já não bastasse este a mandar-me mensagens a dizer que me ama e que me adora e que está apaixonado por mim e etc. e tal, ainda tenho de levar com mais freaks em cima, salvo seja!!!
O mais recente e que me deixou mesmo seriamente preocupada com a sanidade mental da população portuguesa, foi um dos condutores do Metro do Porto. Sim, eu até sou uma gaja ecológica que anda de transportes públicos e tudo!
Está aqui a menina a sair na estação de Metro da Carolina Michaelis (não confundir com Carolina Salgado!), calmamente à espera de poder atravessar a linha para chegar ao outro lado e à espera que o Metro passasse. Nisto, o veículo arranca e o condutor fica a olhar para mim, pisca-me o olho e tem a lata e o PÉSSIMO gosto de passar a língua pelos lábios tipo anúncio Martini Men.
Eu juro que não entendo os homens deste país...
Se o gajo ainda levasse aquela coisa comprida à frente dele, eu ainda podia pensar que se sentia potente por isso e que o gesto que teve o fizesse pensar (mas ape…

M(ensagens) S(em) N(exo)

Imagem
Após uma longa e árdua tarefa consegui o meu objectivo!!!
Consegui ter paciência para registar este e-mail do blogger no Messenger, vulgo MSN.
Agora a 100 Sentidos para além de escrever no blog também escreve no Messenger.
Isto está a melhorar...

Morte...

Por melhor que me sinta, morro inevitavelmente a cada dia que passa...

Cenas...

Imagem
Às vezes gosto de acordar e viver a vida dos outros, nem que seja por uns segundos apenas...

You have a ticket to...

Imagem
... ME

Matemático...

Imagem
Sempre que não encontro o comando da televisão, é certo e sabido que 15 segundos mais tarde ele vai estar a cair da cama abaixo.
Como dizia a minha avó: "É matemático!"

Fases...

Imagem
Tenho saudades dos rasgos de imaginação de escrita que me davam quando gostava de ter um blog...
Passei por muitas fases.
O ânimo da criação, de colocar tudo o que me apetecia ter neste novo blog e ficar tudo bonitinho como estava no antigo. Depois veio a fase da escrita, essa era a mais simples. Estava triste, tinha-me desiludido nais uma vez na vida e apetecia-me expulsar da alma as mágoas que acumulei ao longo de alguns meses.
Mas agora perdi isso tudo. Expulsei as mágoas e perdi a vontade de escrever. Tenho as ideias sempre iguais e fugiu até a vontade.Apesar de me dar imenso gozo e até prazer debitar aqui todos os dias, as coisas que me passam pela vida e pela cabeça, muitas vezes a dura realidade é que não sei o que dizer.Invadiu-me uma tristeza tão grande que me impede até de escrever...

Conversas II (via SMS)...

Imagem
Eu: SOS!!!
Melhor amiga: Que foi?
Eu: O meu relógio biológico começou a tocar e não se cala!!!
Melhor amiga: ?!?!?!?!
Eu: Que faço?
Melhor amiga: Tira-lhe as pilhas...

Só se for do Espírito Santo...

Imagem
Porque raio é que quando uma gaja como eu diz que está mal-disposta e anda com enjoos, o primeiro pensamento e consequente primeira pergunta do/a intelocutor/a dessa gaja é: "Estás grávida?!"

O meu EU anterior...

Imagem
Testem a vossa vida anterior aqui.


Ou a minha versão de "Eu vi a luz!", como diz o Tripeiro.

...

Cada lugar teu...

Mafalda Veiga - Cada Lugar Teu
Sei de cor cada lugar teu
atado em mim, a cada lugar meu
tento entender o rumo que a vida nos faz tomar
tento esquecer a mágoa
guardar só o que é bom de guardar

Pensa em mim protege o que eu te dou
Eu penso em ti e dou-te o que de melhor eu sou
sem ter defesas que me façam falhar
nesse lugar mais dentro
onde só chega quem não tem medo de naufragar

Fica em mim que hoje o tempo dói
como se arrancassem tudo o que já foi
e até o que virá e até o que eu sonhei
diz-me que vais guardar e abraçar
tudo o que eu te dei

Mesmo que a vida mude os nossos sentidos
e o mundo nos leve pra longe de nós
e que um dia o tempo pareça perdido
e tudo se desfaça num gesto só

Eu vou guardar cada lugar teu
ancorado em cada lugar meu
e hoje apenas isso me faz acreditar
que eu vou chegar contigo
onde só chega quem não tem medo de naufragar

Mesmo que a vida mude os nossos sentidos
E o mundo nos leve pra longe de nós
E que um dia o tempo pareça perdido
E tudo se desfaça num gesto só

Eu vou guardar cada lugar teu

A melhor...

Imagem
...novidade é que voltei a ter mais do que um blog outra vez!

O mais recente de todos é este aqui .

Novidades fresquinhas...

Imagem
... Só amanhã à noite!!!
Até lá morram de curiosidade...
E roam-se de inveja...

Fim...

Imagem
As coisas não acabam por que são boas, como diz a Nelly naquela música.
Nem porque chegaram ao ponto de serem más, como disse a Bad Girl.
As coisas acabam porque pura e simplesmente a parte boa não compensa a parte má, porque as coisas boas são apenas uma recordação e as más uma realidade.
As coisas acabam porque nada nesta vida é eterno...

Anúncio...

Imagem
Oferece-se:

Gata, olhos verdes, branca com riscas pretas, sem raça conhecida, meiga, carinhosa, com pêlo bem tratado, limpinha, com banho diário antes de ir para o caixote, com caixote quentinho, espaçoso e confortável.

Para ser adoptada por possível dono meigo que tenha vontade de ter um animal de estimação carinhoso em casa.

P.S. É favor cortar as unhas à bicha senão ela arranha muito...

E se eu...

Imagem
... atirar o gato da janela abaixo?

Será que ele sobrevive e volta a saltar para a janela outra vez?

A lembrança...

Imagem
Não sei se te lembras daquela vez em que te agarrei porque não conseguias estar seguro nas tuas próprias pernas. Aquela vez em que te abracei só para que pudesses chorar todas as mágoas da perda que tiveste.
Já foi há um tempo atrás, na altura em que me enganavas com a ilusão que me querias como tua, mesmo que a realidade dos factos fosse aquela em que apenas te agarravas a ti próprio. Aquela em que só confiavas em ti para seres a tua bóia de salvação; em que apenas tu serias dono e senhor dos teus sentimentos.
Mas aí eu apareci, troquei-te as voltas e deixei-te na tua própria expressão 100 Sentidos.
Lembro-me de me sentar no chão da estação de comboio e agarrar-te contra mim, para poderes chorar. Sempre tiveste o lado feminino desenvolvido e só pensavas no mau aspecto que aquilo podia dar.
Nessa altura não sabia o tamanho do amor que se pode ter por alguém que não nos corresponde por inteiro.
Hoje tenho saudades de me/te agarrar...

Demência...

Imagem
Quando as sapatilhas que eu usava com os meus 10 anos de idade, voltam e estar na moda e a ser usadas novamente por pessoas agora com 23 anos de idade, isso é um mau sinal!

Mas quando Eusinha, vou às minhas arrumações à procura das ditas cujas para ver se algum par delas ainda sobreviveu e se ainda me servem, isso é sinal que estou mesmo velha!

Definitivamente demente...

Chão...

Imagem
Porque é que quando nos apaixonamos e nos magoam, ficamos com a sensação de que nos falta o chão debaixo dos pés?

Hoje desejo...

Imagem
Apenas uma coisa.

Saber que, apesar de TUDO, sigo no caminho certo da vida...

Really weird..

Imagem
Que a minha mãe saiba tudo, absolutamente tudo, sobre a minha vida, já não é muito comum.
Mas que me envie um mail que tem como assunto "Só para fumadores", já é demais!
This is becoming really, really weird...

(Meu) Doce II ...

Imagem
Nada pode ser tão amargo, como me chamares Meu Doce outra vez...

Tenho destas coisas...

Imagem

Instintos primários...

Imagem
É uma estupidez termos a tendência de magoarmos fisicamente a pessoa que nos magoa na alma, sem conseguirmos perceber que essa dor física é infíma quando comparada com a dor que a outra pessoa nos infligiu...

Welcome to the real freak show...

Imagem
Ok! Já me disseram que inflamo e até admito que isso possa eventualmente provocar paixões, desejos e estimular a imaginação.
Mas daí até enviarem uma mensagem a dizer: "Bjs amo te" para o meu telemóvel de um número que eu não faço a mínima ideia de quem seja, e a seguir manterem o telemóvel desligado horas a fio, vai um grande passo.
Não devo ser só inflamável, também devo ter poderes paranormais para conseguir perceber estas coisas.
É que só pode!!!

E se...

Imagem
... Me apetecer chorar pelo simples prazer de sentir as lágrimas a escorrer pela cara abaixo?

Difícil...

Imagem
Interrogo-me várias vezes neste últimos dias sobre mim própria. Sobre o facto do meu blog despertar tanta curiosidade sobre a minha pessoa, sobre o facto de tanta gente me ler, tanta gente me comentar, sobre o facto de receber alguns e-mails sobre coisas que escrevo e perguntas pessoais sobre factos que por vezes exponho no blog.
Fez na Sexta-feira meio ano de existência deste blog. Se bem que a minha aventura por aqui já tenha começado há um ano e pouco. Sabe-me bem olhar para trás, ler o que escrevi e perceber quão ingénua e naif era quando olhava a vida de outra forma. Não me arrependo do que escrevi, por isso é que nunca apago nenhum post, por mais estúpido e despropositado que me possa parecer ao fim de algum tempo, por mais ilógico que possa ser no momento presente.
Mas nunca tive a intenção de escrever para que tantos me lessem. Simplesmente gosto de escrever. Apetecia-me fazer o exercício da escrita todos os dias e fui mantendo o blog.
Continuo ainda agora a não perceber o porquê…

Padrões...

Imagem
Porque será que a maioria dos gajos que vem ler o meu blog gosta de gatos?
Sim, eu sei que quando quero até faços festas e arranjo um caixote lá em casa. E também que gosto de passar a mão pelo pêlo de alguns.
Mas isso não chega para que eu pense em adoptar um animal de estimação...
Começo a ver aqui um padrão...

All over the world...

Imagem
Ter acessos directos ao meu blog a partir de países como China, Estados Unidos, Itália, França, Alemanha, Moçambique, Brasil e Holanda, faz do meu blog um blog internacional...
Não faz?

Será...

Imagem
Será que não me vês, mesmo quando estou à tua frente?

FDP

Imagem
Foi preciso chegar aos 23 anos e voltar à Faculdade para perceber o que pode significar uma atracção por um professor, que não terá sequer 7 anos a mais do que eu...
O gajo é BOM todos os dias e tem aquele olhar de fdp (filha da puta!) que cativa...
Será que isto é um processo natural de envelhecimento ou estou a regredir à fase da adolescência outra vez?
E não, não é aquele que lê o meu blog! Infelizmente...

Por hoje...

Imagem
Logo hoje que me apetecia ter-te, faltam-me as palavras para te dizer tudo isto...