Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2010

E agora para algo compelatemente novo, um bocadinho de Economia para variar...*

Já não é a primeira vez, e não será certamente a última, que me apraz dissertar sobre os inquéritos que o SAPO tem na sua página inicial sempre que a espreito pelas mil e uma razões que me fazem lá ir.
Há cada um mais desinteressante do que outro, mas ainda assim não evito a espreitá-los pois são sempre informações preciosas para o maravilhoso manancial de dados que recolho até ao dia em que resolver falar disso.
Mas hoje vamos apenas limitar-nos ao inquérito que está lá e que diz: "A taxa de desemprego subiu para 10,4%. Sente-se preocupado(a)?"
Ao que a maioria das pessoas (81%) até à hora em que escrevo este post diz "Sim. O aumento é alarmante."
Ora que esta simples análise de dados é deveras interessante do ponto de vista sociológico que é aquele que eu uso sempre, não fosse eu uma mulher das ciências sociais e humanas.
Não tecendo considerações nenhumas acerca da caracterização do público que responde a isto, apenas gostaria de referir que a maioria das pessoas …

E ainda da 7ª arte...

Imagem
Como boa moça que sou, estou ansiosamente à espera deste para ir a correr para o cinema com a minha outra gaja de preferência.
Até lá podem ver o trailer aqui e obter informações aqui!

Indecisão... Ou não...

Imagem
Amanhã tenho mais um exame de Mestrado às 9h da manhã, mas como não estudei nada de jeito que ando sem cabeça para o assunto, estou a ponderar ir lavar os olhinhos para o cinema com isto:


Eu dividida entre a obrigação moral de estudar e o dever cívico de contemplar este homem!

Diabo!

Imagem
Tenho cá para mim que os gatos têm um pacto com o Diabo!
Cada vez que me levanto a meio da noite por um qualquer motivo e vejos aqueles olhos do meu Sawyer a brilhar, tenho sempre a sensação que o Diabo não dorme...

P*** de sorte!!!

No único ano em que sou funcionária pública, o Governo anuncia que vai haver congelamento de salários!
Não se faz!!!

Onde é que se vende???

Imagem
Via

Eu já aqui tinha confessado que sou uma grande apreciadora de design, enquanto arte e criatividade aliadas num só.
Mas esta fez-me ficar apaixonada! O meu Sawyer ia adorá-lo!!!


Broken heart...

Imagem
Apetece-me escrever sobre a trovoada que caiu no dia em que me partiram o coração.

Mas isso ia provocar novamente uma tempestade e nós queremos manter o sol por estas bandas.

Resumée...*

Imagem
Ora após 3 meses de vida em comum, decidimos não deixar morrer o romance e assim se passou um fim-de-semana em beleza.
Sexta-feira, jantar aqui seguido de um espectáculo engraçado. Não sendo brilhante gostei...
Sábado, almoço de sushi que eu estou de tal forma viciada que pelo menos uma vez na semana tenho de satisfazer a necessidade. Ao jantar e após uma tarde de saldos bem aproveitada, bebeu-se uma garrafinha de João Pires gelado que me deixou nas nuvens.
Domingo, fui matar as saudades aos Pastéis de Belém, com uma fila de 20 metros que eu passei descaradamente. A necessidade falava mais alto!
Já tinha saudades de poder viver Lisboa assim...



* Não sei se isto interessará a alguém, mas fica como ideia de um programa romântico!

É só uma ideia minha...

Imagem
Tenho cá para mim que o moço que trabalha aqui comigo tem um fraquinho-forte por uma das minhas colegas.
Eu acho tão notório que até me admira que ainda ninguém tenha comentado nada.
Deve ser por ela viver com o namorado que adora e ele ter namorada também.
Mas eu juro que se ela um dia ficasse livre, quase que apostava que ele ia logo a correr dar-lhe colinho!

Deve ser por isso...

Imagem
Mais de 1 mês sem fumar...

...

Eu devia estar a estudar para o próximo exame mas só consigo ficar a olhar para as folhas e a interrogar-me porque é que hoje não é sexta-feira...

Boatos...

Imagem
Não, não vou casar!
Pelo menos este ano...

Check! Check! Check!

Imagem
Diz que ontem foi o dia mais deprimente do ano!
Tendo em conta que não fiz nada do que era recomendado, só me resta esperar pelo dia mais feliz.
Diz que vai ser a 18 de Junho.
A ver vamos...

Do exame ao Sábado de madrugada...

Correu! Acho que bem.
Mas só depois de ver a nota é que me pronuncio...

É um bom prenúncio, não acham?

Imagem
O gato está a olhar para mim com um ar absolutamente alucinado, como quem diz:
"Esta enlouqueceu e não consigo fugir de casa. Help me..."
Deve ser sinal de que estou altamente preparada para o exame de manhã!
Tanto que em vez de estudar estou aqui a escrever mais um postzito. Até parece que nem fui trabalhar hoje o dia todo, nem nada!
P.S. Sim, este é mesmo o meu gato, o meu Sawyer Cinzento Escuro!

Amanhã tenho exame de Mestrado!!!

E ainda não acabei o trabalho que tenho que entregar, nem estudei a matéria toda...
Estou a pensar se valerá mesmo a pena ir lá...

Resumo da minha hora de almoço...

Imagem
No amor pode arriscar tudo.
Graças à ajuda de Vénus e do planeta da sorte Júpiter, os prazeres sensuais serão sem dúvida sastisfeitos.

Horóscopo do IGoogle

Aos meus queridos leitores/comentadores...

Sim!
Tenho tendência a generalizações ditas "fatelas" (palavras de um caro comentador!) tal como tenho tendência a "ferver em pouca água".
O calor do momento e este instinto tramado que me leva a agir sem pensar na maioria dos casos (leva-me também e muitas vezes a falar sem pensar) tende a fazer-me dizer/escrever a primeira coisa em que penso.
Assim, o título do post não deveria ser "De como eu não acredito na regeneração masculina", mas antes "De como eu não acredito na regeneração da Humanidade".
Se é para generalizar, ao menos que seja em grande e com igualdade de oportunidades pelo meio...

Lição n.º 22

Imagem
Vivemos num deserto cheio de pessoas.

De como eu não acredito na regeneração masculina...

O J. apaixonou-se pela M. quando tinha 23 anos. Viu-a uma vez à saída de um café logo ali ao pé da Faculdade e achou que aquela era a mulher da vida dele.
Decobriu que ela era amiga de um colega seu, e curiosamente vivia perto dele ali em Lisboa. Foi à conta disso que começou a oferecer-lhe boleia à noite quando saiam todos até tarde.
Não sei se a M. achou o mesmo do J. ou não. Sei apenas que aos poucos acabou por acreditar naquilo que ele lhe dizia e ao fim de 3 anos de namoro casaram os dois e foram morar juntos numa casa grande, porque tinham possibilidade económicas para isso, bem no coração da cidade.
Depois disso, sei também que o J. e a M. tiveram 3 filhos rapazes lindos e fantásticos, que compraram mais tarde uma casa ainda maior e que as coisas decorreram tranquilamente durante 7 anos da sua existência enquanto marido e mulher.
A C. estudava Psicologia também em Lisboa. Terminou o seu Curso, conseguiu o seu primeiro emprego e um contrato e ao fim de 2 anos comprou a sua primeira …

Ouvido no Trabalho (I) ...

Imagem
Palhaçada por palhaçada, vimos cá no Carnaval!

I wish I was special...

Temos tendência em apaixonarmo-nos por pessoas que brilhem mais que nós. Ou que pelo menos nos pareçam ter uma luz mais intensa que a nossa. Procuramos, no fundo, banhar-nos no brilho que irradiam e porventura absorver alguma da sua vitalidade para nós próprios.

Queremos ser especiais.

E então, quando se extingue a novidade, o brilho sufoca-nos. Lembra-nos de todas as nossas incompetências, da nossa certeza sobre o nosso baixo valor.
O que antes nos alimentava com um fervor ébrio torna-se no espelho de tudo o que desejamos ser sem o conseguir. Torna o solo fecundo para o ressentimento.

Odiamo-nos por comparação.

In O Mundo Hipotético dos Ses

Deus me livre...

Imagem
... De algum dia ter um pulseira Pandora!
Coisas muito vistas não são mesmo para mim!!!

Ano novo, vida velha...

Imagem
Se eu gostasse de cozinha, provavelmente transformaria este blog num blog de culinária.
Assim sendo, vai apenas continuar a ser um pseudo-trama da minha pessoa...

Coisas ainda do ano velho!

Imagem
A pior coisa de se comprar casa é que no Natal os presentes são todos para ela em vez de serem para mim!

E começamos o ano assim...

Imagem
Não raras vezes, as pessoas têm tendência a falar de coisas que desconhecem.