O que eu gostava mesmo

Era que não tivesses tanta influência na minha disposição diária. 

 Mas agora já não há nada a fazer. Deixei-te entrar de mansinho e já tens demasidao poder para que não me afectes no dia-a-dia.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Auto-punição.

Cabe-nos a nós fazer melhor!

Dear Past Me: