Estratégia

[...] Quero uma cama violenta em que te possa pegar fogo, converter-te em cinzas, inalar-te por inteiro, e livrar-me de ti de uma vez por todas. Para ver se paras de me arrastar em correntes o estômago. Eu nunca quis saber de pecado. Isto é guerra. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue