Ser solteira aos (quase) 30 é

#6 - Combinar ir jantar e ir ao teatro com amigas e o tema de conversa ser inevitavelmente homens!

Comentários

NP disse…
Women's problem!
Duckman disse…
O que quer dizer que estão a precisar do que falam, mesmo que o tenham, porque se o tivessem em condições não precisavam de falar disso, bastava-lhes dizer: o meu "x" tem tudo, não preciso de mais nada e mesmo que insistissem contra-argumentando, ela mantinha.
Mostra ainda que, as mulheres também são previsíveis.
Ana 100 Sentidos disse…
Caro Duckman,
Nada me apraz mais do que uma bela argumentação.
Assim sendo, deixe-me dizer-lhe que está redondamente enganado. Falar de uma assunto não é precisar dele. Todos falamos do Pedro Passos Coelho e do Vítor Gaspar e da crise e do que menos precisamos é exactamente deles.
Não nos basta dizer que estamos em crise, temos sempre mais alguma opinião sobre como aqui chegamos e nem por isso precisamos da crise.
O mesmo é válido no que toca a homens. Não temos de precisar deles para falar deles.
Além disso, permita-me discordar da premisaa base de o meu "x" tem tudo. Ninguém temtudo, nem x, nem y, nem z. Há pessoas que encaixam melhor com outras, isso não significa que sejam perfeitas. Dizer isso só na fase inicial da paixão ou quando se vive obcecado por alguém.
Quanto Às mulheres serem previsíveis, obviamente. A Humanidade é previsível por si só. O que não é necessariamente uma coisa má.
Pessoalmente acho-me incapaz de ter qualquer tipo de relação com alguém que seja sempre imprevisível. É a previsibilidade que nós dá alguma segurança.
Mas isso é também muito diferente da monotonia ou da rotina.
E ter alguém que seja capaz de quebrar essa monotonia/rotina é sempre agradável.
Fiz-me entender ou continuamos o debate?

Duckman disse…
olá Ana,
não precisamos continuar o que quer que seja porque não tive esse intuito. Expressei apenas e singelamente a minha opinião. Apesar deste tom seco não estou ofendido nem quero ofender. É apenas uma feliz troca "acesa" de argumentos :)
Também não precisamos continuar nada porque para além de ter entendido bem o teu ponto de vista, sei que entendeste o meu.
E nunca disse que a previsibilidade ou falta dela é algo bom ou mau.
Digo-o a sério e repito mais uma vez, não para ofender ous er antipático ou agressivo, é um desabafo: talvez tenha eu dito o que disse pelos meus quase 10 anos a mais que os teu quase 30 e por um filho e por desempregado e portanto, apesar de gostar muito do sexo feminino por razões que me escuso uma vez que está no meu blog de merda a minha opinião e sentir sobre o sexo feminino, talvez eu tenha outras preocupações.
Só isso.
beijos.

Mensagens populares deste blogue

Tal como agora.