Em verdade te digo, Ruben Patrick

[...] 

Os únicos amores que são para sempre são os que nunca chegaram a acontecer. 


Comentários

D. disse…
esta máxima está de facto, um máximo.
Muito bom
Catarina M. disse…
ag que penso na frase... tá lá. mesmo.

Mensagens populares deste blogue

Auto-punição.

Cabe-nos a nós fazer melhor!

Dear Past Me: