O céu. Eternamente o (meu) céu.

O céu de Lisboa está tão limpo esta noite, que é possível ver a estrelas nalguns pontos da cidade.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Eu:

Porto (de Abrigo)