Day 4: Up close & Personal


O dia em que decidimos nós próprios colocarmos uma cicatriz na nossa pele, é o dia em que nós e a vida mudamos. Mesmo que ainda não o saibamos intrinsecamente.


A minha tatuagem é uma marca permanente da qual me esqueço na maioria dos dias. Calha de vez em quando dar por ela quando saio do banho e me cruzo com o espelho. Mas na maioria dos dias, das semanas e dos meses até, nem me lembro sequer que ela existe.

A minha tatuagem tem uma história. Uma história enorme que seria impossível de resumir em palavras, dada a profusão de sentimentos que lhe são inerentes. E a minha tatuagem conta a minha história, assim numa espécie de premonição de toda a minha vida, passada, presente e futura.

Não a exibo mas sinto-me profundamente orgulhosa dela. Porque se funde com a minha pele e com a minha alma.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Dear Past Me:

Cabe-nos a nós fazer melhor!

Re-Inventei-me...*