Nem acredito!

Ontem andei de bicicleta e cabelos ao vento pelos Champs Elysees e senti-me livre.

Comentários

Eu também me senti livre... mas foi mais a pedalar entre a ribeira de Alcantarilha e o santuário da Senhora da Rocha.
Ana A. disse…
Cada um pedala onde se encontra! :)
...ou onde se quer perder, Ana. ;-)
Ana A. disse…
sim, ou talvez mais isso! :)

Mensagens populares deste blogue

Eu:

Porto (de Abrigo)