E adorava a tua mania de andar enquanto atendias telefonemas importantes.

Em dias como hoje tenho pena de já não te ter na minha vida e não poder pedir-te conselhos seja de que tipo for.

Porque sempre te admirei enquanto pessoa mesmo antes de te admirar enquanto Homem.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porto (de Abrigo)

Dear Past Me:

Cabe-nos a nós fazer melhor!