Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2014

Sei que não sou uma pessoa simples ou comum

#18 - Quando dou por mim com todo um plano meticulosamente elaborado, em caso de despedimento. 

Hoje:

Planeei um fim-de-semana em Viana do Castelo. Encontrei 10€ no chão da minha sala. Combinei um jantar de amigos para Sábado. Falei ao telefone com uma das minhas melhores amigas. Admirei a nova imagem da Le Cool Lisboa. Fiz iogurtes na Bimby. Dei os parabéns a uma amiga pela nova iniciativa empreendedora. Conheci a nova colega de trabalho. Encontrei uma amiga que vai abraçar um novo projecto profissional. Fiz beringelas panadas com milho para o jantar.

Desejos por cumprir:

#8 - Voltar a dançar hip-hop.

Os 30:

#6 - Ensinam-nos que a idade aceitável de um namorado/a é metade (da nossa) mais 8.

O Metro de Lisboa diz que tem Wi-fi gratuito

E eu resolvi confirmar!

2014 (1)

Até agora tem sido um ano de inúmeros e árduos desafios.

Os 30:

#5 - Fazem-nos concluir que os homens giros e jeitosos de Lisboa se passeiam agradavelmente pelo El Corte Inglés.

A minha Le Cool está de volta.

Já amanhã!

Vamos embora do Porto assim:

Imagem
Capa Negra II

Disseram-me que era tão 80's.

Imagem
E eu respondi que é por coisas destas que nunca me vou cansar de ir à Biblioteca buscar livros!

Chegamos ao Porto e é assim:

Imagem
Rissóis de chocolate!

Just another (simple) day at the office!

Imagem

[Texto extorquido das profundezas da minha alma.]

É apenas mais um dia em que abro uma página em branco e fico meia embasbacada sem saber bem o que escrever. 
Tenho a percepção e o sentimento de que a maioria das pessoas já disse aquilo que eu própria tenho para dizer e muito melhor, de melhor forma, com mais conteúdos e especialmente com mais sentimento à mistura, o que clarifica a mensagem por si mesma.Aprendi a resumir os pensamentos em ideias curtas, claras e concisas. Foi assim que me ensinaram quando estudava esta coisa complexa da comunicação.Sei que tenho facilidade em brincar com as palavras e compor textos com o meu toque pessoal. Mais não fosse por ter hoje superado a tarefa de entregar um artigo de 400 caracteres que escrevi em menos de 1h, para uma publicação nova e onde quero muito estar à altura do desafio e da tarefa de que me incumbiram.Obviamente que gosto de ver o meu nome publicado em artigos impressos. Mentiria se dissesse que não. Mas é mais do que isso. Não é só o orgulho por saber que estou em mais umas quantas…

[Sem título]

Sê grato à vida, (perdoa-lhe) mesmo quando a lâmpada se apaga a meio do caminho e não sabes onde encontrar o interruptor que acende o pensamento.
In Paradoxos

Credo!

Ainda não são 18h e eu já estou a beber e a fumar!

Lost in Lisbon #1

Imagem

Hoje ao almoço

Conseguimos concluir que se não morreres de velho é porque foste comido.
(Já não dava tão boas gargalhadas há muito tempo!)

Não gosto

Da parte de mim que só trabalha bem sob stress.

Desejos por cumprir:

#7 - Pisar os 5 continentes.

Lição n.º 55

Às vezes o mais importante é saber que não estamos sozinhos nas nossas dúvidas.

Isto está cada vez pior! Ou melhor! Nem sei...

Trabalho num sítio onde as conversas à hora de almoço são sobre mini-pigs!

E uma boa semana para vocês, também!

Imagem

Este blog foi vítima

De uma acusação de produção de 3,6 kg de dióxido de carbono por ano.

Constatações da madrugada

Fico orgulhosa de mim mesma quando identifico a Radar apenas pela música.

Bom fim-de-semana!

Imagem

Desejos por cumprir:

#6 - Ver uma aurora boreal.

Onde estás esta semana, Ana?

Imagem
#45 - Ostrava, República Checa

Porque é que não gosto de ver Ted Talks?

Porque sempre que vejo uma só me apetece sair porta fora, despedir-me e ir viver a vida a sério!

Bom dia!

Imagem
Via

E já em Lisboa

Como é possível andar mal com o Mundo com tanta coisa boa na vida?

Sei que a vida é uma coisa fora de série quando acordo e oiço isto logo bem cedo pela manhã.




Há dias maravilhosos, não há?

Imagem

Diz que

Em Roma se recebem boas notícias!

Sinto-me quase como se estivesse na ONU!

Imagem
@ Istambul

Oferece-se recompensa:

Imagem
A quem adivinhar o ingrediente principal desta sobremesa!
A pista é que foi servida em Istambul e o copo de leite faz parte da dita.

Ana A., um retrato:

Sou alérgica a pêlos mas tenho a gata mais bonita do mundo e já não sabia viver sem ela. Era capaz de me tornar viajante profissional mas nada me sabe tão bem como regressar a casa. Divido a vida entre o Norte onde tenho casa e Lisboa que é o sítio onde trabalho. Sou bimbólica assumida mas deixo sempre a cozinha para as visitas. Poucas coisas me sabem tão bem como estar com os amigos mas o meu ídolo será sempre a minha mãe. Sou um emaranhado de contradições que nem sempre fazem sentido. Mas sei que o sentido das coisas será sempre o meu.

Já estrava a estranhar!

Consegui passar uma manhã inteira fechada numa sala em reunião e sem ser assediada na Turquia.
Mas claro que mal sai para almoçar fui convidada para ir ver bailarinas de dança do ventre e ir também dançar com um turco!

Até agora,

2014 tem-se revelado uma continuação do ano anterior.
Tenho mais um colega que vai deixar a equipa e cada vez me sinto mais num barco a afundar e só quero saltar dali para fora.

Agora que já me roubaram a vontade de dormir.

Sinto falta de um projecto pessoal que me apaixone ao ponto de me tirar o sono.

Quando chego à Turquia, tenho sempre esta sensação:

I'm in a strange love affair.

Querido S. Pedro:

Imagem
Fui!

Modéstia à parte!

Sei que sou brilhante quando no meio de uma festa surpresa que me organizaram no fim-de-semana para comemorar os meus 30 anos de vida, me saio com frases destas: 
"Nestes 30 anos aprendi que a vida é demasiado curta para ler maus livros, ver maus filmes e ter mau sexo".

Your welcome,
Ana

Os 30:

#4 - Mostram-nos que sabe bem ter alguém para quem regressar no final do dia.

Os 30:

#3 - Comprovam-nos que quem desdenha quer comprar.

Pedagogia - Um conceito simples

Ainda o espírito do Ano Novo e tal: 11 New Years Resolutions You Can Actually Keep

Google rocks!

Os 30:

#2 - Continuam a deixar que acabemos almoços às 17h.

Como não desejei nada, ainda vou a tempo.

Hoje alguém me ensinou que em vez de desejos para 2014, devíamos antes formular vontades.

Os 30:

#1 - Fazem-nos questionar até quando estaremos solteiras.

Já disse que adoro páginas em branco?

Imagem