Ontem

Quando fechei a porta da "nossa" vida e encerrei não um capítulo mas o livro todo, uma bala atingiu-me o peito. Não sangrei porque a espessura do meu sangue já não me permite derramá-lo em vão. Apenas decidi contra tudo o que sempre acreditei que há coisas que não fazem sentido e acontecimentos inexplicáveis. 

Ontem foi o dia em que perdi um átomo do meu ser.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Tal como agora.