Cada um é para o que nasce.

Já tive um Mr. Grey e preferi deixá-lo ir embora do que me submeter às suas exigências.

Comentários

C. N. Gil disse…
Idem aspas mas com os géneros invertidos... LOL

:)
clara disse…
Já tive um Mr. Grey, mas ele preferiu ir-se a embora a aturar as minhas exigências.

Mensagens populares deste blogue

Porto (de Abrigo)

Dear Past Me:

Cabe-nos a nós fazer melhor!