Sou tão afortunada.

E depois há aquelas pessoas na minha vida que me lembram quem sou, o que quero, no que acredito e quão sortuda sou por ter o privilégio de as conhecer.

Como se sempre tivéssemos estado juntos, a vida toda.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porto (de Abrigo)

Eu:

Cabe-nos a nós fazer melhor!