Mesmo sem nenhum de nós os dois o saber.

E depois tu partiste, a vida continuou e um dia morreste-meUm dia descobri que um estúpido acidente te levou ainda antes de podermos falar sobre o que um dia vivemos.

Mas terei eternamente a memória das tardes quentes de Verão, dos campos amarelos e a serenidade que partilhávamos deitados numa manta à sombra de um carvalho enorme enquanto nos beijávamos, ríamos e vivíamos os tempos mais felizes de sempre. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue