Claramente a maior vantagem.

A maior vantagem da maternidade a sós é que tornou todas as saídas (para jantar e não só!) em oportunidades realmente raras e muito especiais! 

E sempre muito bem aproveitadas...

No carro aprende-se:

Que tanta saúde junta num homem só dá taquicardia.

Welcome back Ana!

E no primeiro fim-de-semana do mês em que a cria vai para o pai, decido pegar em mim e na Caetana e irmos passar o fim-de-semana fora.

Quando decidirmos onde vamos dormir esta noite darei notícias!

Vislumbre do futuro:

Kuger.

Não tarda vai com os porcos!

Tenho muita pouca paciência para este jogo do gato e do rato que os homens insistem em fazer.

Procurei no Google mas não encontrei!


(Olá de Espanha, pela segunda vez no mesmo dia!)

Deve haver um nome para isto: a familiariedade com que chegamos a outro país sem parecer que saímos do nosso.

Sobre o referido convite para jantar!

Estou sentada no banco, enquanto outra pessoa está a jogar a partida. Amigável, vulgo de preparação.

Ainda me falta.

Um anel de ouro branco com uma pérola negra.

Nem perguntem...

Ainda nem são 10h da manhã e eu já estive em Espanha hoje e já voltei para Portugal!

O meu maior sinal de maturidade.

Foi deixar de querer ter o coração aos saltos tão frequentemente.

Dia 19 de Fevereiro:

O primeiro dia de 2017 em que me cheirou a Primavera!

Motivo para acompanhar os jogos da Liga!

Ou eu já ando muito necessitada de um homem ou a equipa do Nacional da Madeira está repleta de exemplares interessantes!

Melhor elogio do dia, da semana, do mês (e até agora) do ano!

Pareces-me a única pessoa com abertura de espírito suficiente para fazer uma coisa dessas comigo!

Podes até nem fazer ideia...

Mas o preciso momento em que tudo acabou, foi quando decidiste ir embora para outro país e deixar-me cá, grávida de 8 meses, sozinha, infeliz e insegura com tantas coisas que estavam a acontecer à minha volta...

Espero que já não demore muito...

O único motivo pelo qual não me desfiz da garrafa térmica no meio das minhas mudanças de casa, foi por ainda acalentar a secreta esperança de que voltemos a beber chá os dois sozinhos numa qualquer madrugada fria em que possamos ir ver o sol nascer naquele sítio tão nosso!

Ainda há tempo para que mude!

Costumava achar deprimente ser solteira, com mais de 30 anos e passar o Dia dos Namorados sozinha. Até ser solteira, com mais de 30, ter um filho e passar o Dia dos Namorados sozinha na mesma!

Médios sinais:

Sabes que estás realmente interessada quando dás por ti a escolher a roupa (e não só a exterior!) para um date com o indivíduo!

A História mostra isso:

Na maioria das vezes, e infelizmente, Proteger é sinónimo de Dominar.