Espero que já não demore muito...

O único motivo pelo qual não me desfiz da garrafa térmica no meio das minhas mudanças de casa, foi por ainda acalentar a secreta esperança de que voltemos a beber chá os dois sozinhos numa qualquer madrugada fria em que possamos ir ver o sol nascer naquele sítio tão nosso!

Comentários

Mensagens populares deste blogue