É o tal balanço cósmico.

E depois há um dia, ou melhor uma noite, em que ris tanto mas tanto que sentes que compensou tudo o que não riste nos últimos dois anos.

E percebes que as pessoas do coração continuam todas lá, mesmo que já não as vejas há mais de 12 anos...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

E provavelmente sem ti.