O presente do Presente.

Continuo a ter fome de viver, mas agora privilegio a qualidade pela quantidade.

Comentários

Eros disse…
Que expressão familiar :)
Ana A. disse…
Eros, tinha a frase na minha cabeça mas não encontrava um título que fosse digno dela... Até tu a teres escrito e eu ter percebido que era isso mesmo.
Obrigada!

Mensagens populares deste blogue

Cabe-nos a nós fazer melhor!

Dear Past Me:

Auto-punição.