Vida de uma Mãe Solteira #3

Nesta coisa de criar um filho sozinha de vez em quando a realidade pesa em demasia e o cansaço é tanto que não há tempo, força ou vontade para se sonhar com dias melhores em que o sol volte a brilhar e a vida nos sorria de novo.

É por isso que vejo cinema e especialmente filmes românticos. Porque me recuso a aceitar que não vou voltar a ser feliz seja sozinha ou acompanhada. E por isso obrigo-me a relembrar de todos os sentimentos bons que já tive e que quero de volta na minha vida.

Comentários

Mensagens populares deste blogue