Tens de ser TU a percebê-lo.

Eu sei que estás a perder a mulher da Tua vida ao deixares-me ir quando a única coisa que eu quero é ficar, mas não posso ser EU a dizê-lo.

Comentários

Anónimo disse…
Boa tarde.
Escreve neste blogue como se fosse o seu diário. Faz como entender, o blogue é seu. Só que quem lê não percebe de que ou de quem fala. Parece que está a "mandar recados" a alguém especial. Eu gostava de vir aqui, mas desde há uns tempos que não percebo nada do que escreve.
Pode ser culpa minha... :)
Bom fim-de-semana e não leve a mal. Eu gostava muito de a ler.
Ana A. disse…
Caro Anónim@,
Que feliz fico com as suas palavras! É que este blog é exactamente o meu diário e por isso escrevo precisamente como se o fosse!
Ninguém tem de perceber a não ser eu própria. Não tenho pretensão que absolutamente ninguém me leia, me compreenda ou sequer me interprete por isso sim, escrevo o que não digo, porque não sei calar o que sinto mas respeito os outros.
A ideia não é mesmo receber. Não tente, leia e leve consigo o que mais lhe agradar. Apenas isso!
Um abraço apertado!
Anónimo disse…
Certo! Obrigada pela resposta. Continue o diário então. :)

Mensagens populares deste blogue