Foste o primeiro...

E até agora o único homem que conseguiu interpretar as minhas tatuagens sem precisar que eu lhe explicasse nada...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porto (de Abrigo)

Dear Past Me:

Cabe-nos a nós fazer melhor!