No meu regresso a casa pergunto-me:

Quantos de nós apenas existem ao invés de viverem?

Comentários

Mensagens populares deste blogue