Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2018

Favoritos do Mês

Imagem
Maio: Mês Afortunado


Imagem favorita: Piazzetta de Grottammare

Livro favorito: A História do Novo Nome

Música favorita: Não existe amor em SP

Série/filme favorito: Newness

Ted Talk favorita: How we can teach computers to make sense of our emotions

Aprendizagem favorita:  Há um prazo de validade para culparmos os outros pelas nossas escolhas erradas. 

Mantra favorito: Miracles happen all the time and angels are everywhere.
Objecto favorito: Brincos verdes

Peça de roupa favorita: Calças floridas

Compra favorita: Camisola de BD
Comida favorita: Queijo Camembert no forno
Momento favorito: Visitar a exposição "The Happy Show

Lugar Favorito: As ruínas de Pompeia

Pessoa favorita: Marta

Lição para moças solteiras:

Independentemente do números de vezes que vocês beijaram um sapo, ele nunca se transformará num príncipe encantado!
Beijem logo o príncipe e poupem o vosso tempo e uma quanta nojice também!

Também sou música de vez em quando...

O tempo é uma concertina que é preciso saber encolher ou esticar na medida certa para produzir uma melodia harmoniosa.

Novo Mantra:

Pensar menos, meditar mais.

Indústria 4.0

O Amor a quem dedico a minha vida toda!

Declaração de Amor - Take XLXIV

Tu és a minha ligação mais profunda.

Simplicidade & Sabedoria:

Imagem
Newness (2017)

Das minhas frases brilhantes:

O Amor é um caminho de dois sentidos.

No Imaginarius aprende-se:

Que a minha génese é ser protona!

Grant's:

A patrocinar a minha noite de Sábado!

Dos sonhos...

Os laços só podem ser desfeitos no mesmo plano em que foram criados.

Das melhores bênçãos:

Poder trabalhar em casa em dias de chuva!

Frase do Dia:

Ando a achar-me tão gata que só tenho vontade de lamber quando vejo um espelho!!!

Parov Stelar:

A música onde volto sempre que preciso de me re-encontrar.

Ana A. um retrato:

A maior consumidora de fones de que há memória.

2018:

É claramente o ano de limpar o karma!

Tenho a ideia de já ter escrito antes...

Às vezes é preciso perder para se voltar a ganhar!

Sabes que o teu sex appeal já era...

Quando enumeras mais rápido os nomes de todos os cães da Patrulha Pata do que posições do Kama Sutra!

Verbo da Semana:

Deusur.

Senhor de Matosinhos:

A preview da Feira dos Santos.

Rua Favorita do Porto:

Rua das Musas.

No chat aprende-se:

Que bombeiros voluntários são o equivalente a metadona!

Micro-coração.

É este o estado do meu peito quando estou longe do meu filho!

Sweet & Sour:

E depois, de repente, a vida recompensa-te com pequeninas coisas que fazem toda a diferença e tu reforças mesmo a tua crença de que a gratidão é o íman dos milagres!

Declaração de Amor - Take XLXIII

Aprendi a amar as tuas vulnerabilidades.

Já posso morrer em paz!

Heutagogia foi finalmente aceite no dicionário de Língua Portuguesa.

Situação Actual:

Liminaridade.

Poliglota do Português:

Eu falo muitas linguagens dentro da minha própria língua.

Ou sou eu ou é de ser sexta-feira!

Acabo de presenciar o terceiro acidente de viação num espaço de 20 minutos.

Quinta-feira:

Dia do backup!

A eterna esperança!

Para o meu filho todas as coisas no Mundo tem apenas uma única cor: Verde!

Previsões:

Eu planeio reinventar até o modo como se faz ciência nos tempos actuais!

Do fundo do baú:

Eu quero ser pertença mas não pertencer.

Total descrédito na espécie.

Aquele dia em que um ex-colega teu de trabalho, casado há menos de 1 ano, passa a tarde a fazer-te conversa de engate e insinuações de índole sexual.

Acroyoga:

Uma lindíssima declaração de amor!

Precisei de reflectir sobre isto...

Pornografia com uma grávida só me parece a mais extrema expressão de Amor!

Nova Designação:

Portuguese Godess!

Epifania do Campo:

Eu ainda quero o meu final feliz!

Não consigo decidir...

Se a praia faz bem, o campo faz ainda melhor!

Um história sobre histórias.

Sempre me lembro de gostar de estar no meu mundo, de muitas vezes me isolar nos meus lugares pouco secretos mas muito próprios, de me perder nas páginas de livros, de ir à biblioteca da cidade pequena onde cresci devorar todos os livros que podia requisitar.
Dei por mim muitas vezes a tentar ser transparente enquanto enfiava o nariz e os olhos e a cara toda entre as páginas de romances, policiais, ficções científicas, contos e poesias.  Não fora poucas as tardes, os dias de férias e os fins-de-semana que preferi ficar em casa a ler do que sair com amigos ou ir à piscina. Não havia praia na terrinha onde cresci!
Ler fazia-me sonhar com aventuras novas, mundos distantes, realidades desconhecidas, pessoas esotéricas. Coisas que aconteciam nos livros e eram passíveis de ser imaginadas também me podiam acontecer a mim se eu soubesse o que esperar.
É por isso que hoje sorrio, porque voltei a passar grande parte do meu tempo enfiada em bibliotecas, no meio de estantes cheias de livros, a devora…

Mutação:

Passámos de invasores a aliados!

A minha melhor característica:

Ainda sou capaz de me rir das ironias do Destino!

A verdade nua e crua.

Sabes que estás velha quando o teu filho olha para o desenho de um dinossauro e diz que é a mamã!

Morrerei em paz!

Cumpri o meu objectivo de vida: sugeri 2 palavras novas para introdução no dicionário de Língua Portuguesa!

Desafiar a ordem.

Se eu não vejo os túneis, porque vivo a céu aberto, como poderei ver as luzes lá no fundo, se o sol ofusca tudo?

Talvez isto seja o princípio da velhice...

Ando com muita vontade de voltar aos sítios onde já fui feliz e onde deixei partes de mim e muita da pele que me protegia.

Feira do Livro de Lisboa:

Voltaremos a ser amantes este ano outra vez!

Redarquia:

A minha nova causa social pela qual lutar!

Apofenia:

A minha nova oração!

Não admira que precise de bombeiros!

Eu que sempre achei que era Água, descubro que afinal sou Fogo.

Também é o que mais me alimenta.

Nadar é o desporto que mais fome me dá!

Verbo da Semana:

Comeceur.

Uma réstia da Ana:

Quando dou por mim a pesquisar vôos para Banguecoque!

Poker:

Claramente o meu desporto emocional favorito!

Quando a realidade supera a ficção:

Parece que há mais episódios no Romance do Covelo do que qualquer argumentista poderia imaginar.

Dia da Mãe:

O meu maior medo como mãe é não ser imortal para o meu filho.

Ego Boost:

Quando 4 machos se metem contigo no trânsito!

Lema de vida actual:

Castigar o corpo para descansar a cabeça!

Ser verde:

Estar 2 meses sem por gasóleo no carro e 2 semanas sem o tirar da garagem!

Pelo menos no Porto é!

Sexta à noite é a noite da gabardina!

Palavra da Senhora:

Impermanente!

Verbo da Semana:

Napolitir.

O pior de se perder tudo...

É que aqui no meio se perde também a capacidade para se sonhar.

Depois das limpezas:

Se ganhei quase 1/4 do espaço em roupeiro e mais de 1/2 na sapateira, a verdade é que nisto dos blogs devo ter reduzido a lista do que leio a 1/10.
Posto isso, já tratei de renovar a roupa e o calçado, mas ainda não encontrei blogs novos e bons para ler. Sugestões, há?

Nisso continuo igual.

Continuo a ter horror a vidas banais.

Série de Batalhas:

Sinto-me a enfrentar o mesmo monstro vezes e vezes sem conta.

Quanto mais vivo, mais me convenço.

As pessoas só vêem aquilo que querem ver.

Planos de Futuro:

Abril e Maio de 2019 nas Ilhas Gregas.

Beco Paradisíaco:

A melhor vista de Nápoles, fosse de dia ou de noite!

Terapia Baratinha:

Andar 1h de barco!