Poesia da Vida:

Queimar uma carta que nunca chegámos a enviar e de seguida encontrar um bombeiro enquanto nos dirigimos para almoçar num sítio chamado Apego.

Sem comentários:

Do futuro...

Temo muito que o Antropoceno seja o fim da Humanidade.